Seguidores

eu apoio e você?

eu apoio e você?

sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Laliter- um amor em perigo- capitulo 15- meu maior erro

NO CAPITULO ANTERIOR

Cheguei na escola da Flor em 15 ninutos)

Peter: tchau, divirta-se.

Florência: eu não vou a escola , para me dirverti e sim para estudar.

Peter: você ama dá toco nos outros não é?

Florência: adoro, rsrs.

Peter:rs, que cruel você.

Florência: tchauzinho! 9ela sai e eu arrenquei para o colegio com a Cande.

LALITER - UM AMOR EM PERIGO- CAPITULO 15- MEU MAIOR ERRO.

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

LALITER- UM AMOR EM PERIG- CAPITULO 14- DESCULPAS E MAIS BRIGAS

No capitulo anterior

o Tomás correu para abraça-las e pulou no colo da loira)

Loira: calma meu amor, a mamãe não consegui mais te pegar no colo. (colocando ele no chão)

Tomás: desculpa.

Loira: tudo bem.

Morena: gente, eu estou por fora, houve uma festa aqui?

Lali: rsrs, não tia, não houver festa nenhuma. É que a Euge e eu covidamos uns amigos para pssar o dia aqui hoje.

Morena: a tá! E quem é essa menininha linda aqui?

(chegando perto da Flor)

Florência: meu nome é Florência, mas pode me chamar de Flor.

Morena: e quantos anos você tem?

Florência: tenho 8 e meio.

Morena: toma.
(ela entregou um papel a Flor)

Florência: o que é isso?

Morena: eu trabalho em uma agencia de modelos e a gente está precisando de um menininha o seu perfil. Fala com sua mamãe e se ela topar liga para esse número tá legal?

Florência: tá.
(nos despedimos e fomos embora)


CAPITULO 14

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Laliter- um amor em perigo- capitulo 13- Minha mina


Na sala de jogos

P.V.O
DE NICO

Meu pai,será que a Lali vai contar a Euge? Se ela contar nunca vou conseguir namorar a loira. Burro, burro, burro... Se a Lali fizer isso nunca vou me perdoa. Ai como eu consegui ser tão idiota? Mas valeu um pouco apena, afinal vi aquela gostosa tomar banho.

terça-feira, 27 de novembro de 2012

AVISO

Semana dura, passei 90 dias sem aula de portugues e agora voltou com tudo. Segunda ja tenho prova da bruxa e terça de ciencia, se não postar a web, me desculpa

Laliter- um amor em perigo- Capitulo 12- o segundo beijo

Já estavam todos a caminho da casa Vazquez. Nico, Gastón, Guadalupe e Nazareno no carro da frente guiando e Peter, Candela e Florência no carro de trás; Sara obrigará Peter a levar Candela. Chegaram à casa, desceram do carro e tocaram a campainha. Quam atendeu foi Tomás, que por instruções dos pais não deixou ninguém entrar.

Peter: chama uma de suas irmãs e você vai ver que não somos estranhos. (tentou convence-ló. Lali chega)

Lali: e ai galera? Esse é o Tomás,meu irmãozinho.

Todos: e ai?

Lali: Tomás, esse são Guadalupe, Nazareno e Florência. Chamei eles aqui para bricarem com você.

Tomás: legal, eu tenho uma casa na árvore, querem conhecer?

Guadalupe: sim.

Florência: claro.

Narareno ja é.
(eles saem correndo)

Lali: vem gente, entra. (todos entram)

Gastón: sua casa é linda Lali.

Lali sorridente: obrigada Gas.

Nico cochichando para Candela: Cande, pergunta cade a Euge.

Candela cochichando: por que?

Nico cochichando: depois eu te explico.

Candela: tá. Lali cade a Euge?

Lali: lá no quarto, ela está dormindo.

Peter: dormindo? essa hora?

Lali: é que ela estava com uma dor e tomou um remedio que dá sono.

Peter: a tá.

Lali: vamos para sala de jogos.
(todos foram para lá. Lali desafiou Nico uma pertida de video game, um jogo de boxe, ela venceu três partidas seguidas)

Nico: desisto, você é muito boa.

Lali: eu sei.

Nico: onde fica o banheiro Lali?

Lali: vem cá que eu te levo.
(eles foram para o quarto dela, Euge ainda dormia. Nico entrou no banheiro e Lali saiu do quarto. Quando passou pelo quarto de Gimena, Peter que estava lá, a poxou)

Peter: precisamos conversa.

Lali: sobre o que?

Peter: você sabe sobre o que.

Lali: se for sobre o beijo es...

Peter: Lali,eu senti uma coisa estranha, que nunca senti por nenhuma garota, isso está mexendo comigo, me deixando maluco, eu preciso saber se você senti o mesmo por mim.

Lali: Peter...

Peter: sim ou não?

Lali: eu não sei...

Peter: sim ou não Lali?

Lali o olhou timidamente: sim.

Peter: era tudo o que eu precisava saber.
(Peter se aproximou lentamente de Lali, aos poucos começou a tocar seus labios no dela, e antes que percebessem estavam envolvidos em um ardente beijo, suas linguas brincavam uma com a outra. Logo lhes faltou ar, eles se separaram e ficaramse olhando. Em outro comodo da casa; Euge acabará de acorda, havia se esquecido de que receberiam visitas hoje. Estava suada então resolveu tomar um banho, tirou a roupa ainda no quarto e ficou apenas de clcinha e sutiã. De repende viu a porta do banheiro se abrir, tomou um susto ao ver Nico sair lá de dentro. Se enrolou rapidamente na toalha)

Nico: desculpa, eu pensei que você estava dormindo.

Euge: tudo bem, como entrou aqui?

Nico: pela porta, rsrs. A Lali me troxa aqui.

Euge: claro, eu me esqueci que vocês viriam hoje.

Nico: é.

Euge: será que você pode me dar licença?

Nico: claro, e mais uma vez desculpa.
(Nico saiu do quarto, mas ficou olhando pela fechadura, quando Euge entrou no banheiro, ele entrou novamente no quarto e como ela havia deixado a porta do banheiro aberta, ficou olhando ela tomar banho. No quarto de Gimena, o clima estava tenso, nenhum dos dois sabia o que fazer. Peter tinha vontade de agarra-lá, mas se conteve.

Lali: o que isso significa?

Peter: que eu estou confuso, mas que eu quero tirar essa duvida.

Lali: explica isso direito Peter.

Peter: eu não quero te machucar. Por isso quero saber se você quer dar esse passo comigo?

Lali o olhou timidamente: você me dá um tempo para pensar?

Peter: o tempo que você quiser.

Lali: não precisa disso tudo, amanhã te dou uma resposta.

Peter: tudo bem.

Lali: eu vou sair primeiro e vou para meu qurto você vai sala de jogos ok?

Peter: ok!
(fizeram o combinado, Peter chegou a sala de jogos como se nada tivesse acontecido. Já Lali entrou no quarto e se deparou com Nico de costas, encostado na porta do banheiro)

Lali: o que você está fazendo aqui?

Nico assutado: err... Eu... Eu...
(olha para o chão e ver sua carteira) Esquci minha carteira. (a panha do chão. Lali escuta um barulho de cheviro)

Lali: quem está tomando banho? (indo em direção ao banheiro)

Nico: não é ninguém Lali, não Lali, não é ninguém. (tentou impedi-lá sem sucesso)

Lali: você estava vendo ela tomar banho? (falou alto o bastante para Euge pudesse ouvir algo, porém não entedesse nada, e ao mesmo tempo para que não fosse escutado da sala de jogos)

Euge gritando: Lali? É você que tá ai? (Nico começa a fazer gestos pedindo para Lali não contar nada)

Lali gritando: sou eu sim Euge!!

Euge gritando: que bom, pensei que fosse alguns dos meninos.

Lali gritando: eu vou fechar a porta tá bom?

Euge: tá.
(gritou e voltou a tomar banho. Lali e Nico saem do quarto e ficam no corredor)

Lali: por que você estava vendo ela tomar banho?

Nico sem percebe: ué, coisa bonita é pra se olhar.

Lali: o que?

Nico voltando a si: foi sem querer, eu estava entrando no quarto, alguém estava tomando banho; ai chega a parte em que eu, na maior inocência "resolvi ver quem era".

Lali: já entendi, depois gostou do que viu e continuou olhando não foi?

Nico sem perceber: isso mesmo!!

Lali: e ainda tem coragem de admitir? A Euge vai te odiar quando souber disso.

Nico: não Lali, por favor não fala nada a ela, eu sei que agi errado, mas é porque eu gosto dela.

Lali: vou pensar no seu caso.

Nico: pensa com carinho
(dá um beijo no rosto dela e sai. Lali entra no quarto novamente e Euge ja havia terminado o banho)

Euge: com quem você estava falando? Ouvi vozes. (Secando o cabelo)

Lali: com o Ni... Peter, com o Peter.

Euge: então vocês se acertaram?
(procurando uma roupa)

Lali: ele me pediu em namoro.

Euge: o que?
(jogando a roupa escolhida no chão)

Lali: bem, não foi bem um pedido.

Euge: me conta tudo agora Mariana!
(se senta ao lado de Lali na cama)

Lali: agora não, se arruma e desce que a gente está te esperando.

Euge: eu não acredito que você vai me deixar na curiosidade.

Lali: tchau maninha.
(sai)

Euge: espera ai, volta aqui Lali, Lali volta aqui!! Droga!!!

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Vou pular a parte das aulas de novo pelo mesmo motivo de antes, o diretor só nos deu uma bronca e nos mandou para sala. Cheguei em casa e me joguei na cama, fiquei pensando no beijo. Ja beijei varias garotas e nunca me senti assim antes, isso é muito estranho. O que será? SERÁ QUE EU ESTOU COM DENGUE? Não Peter, não viaja, não deve sar nada demais. Meus pensamentos foram interrompidos por batidas na porta.

Peter: pode entar! (gritei)

Florência: linçença. Oi Pitt. (ela me deu beijo no rosto) Você vai me levar na casa da Euge e da Lali hoje?

Peter:é hoje? (fiquei desesperado)

Florência: é sim, você me leva?

Peter: levo sim Flor, agora vai se arrumar.

Florência: mas por que se só é de 14:00h?

Peter: tá bom, mas sai do meu quarto.

Florência: tá bom. Tchau.
(ela saiu. Fui para banheiro e fiquei horas lá, só sai porque minha mãe me chamou para almoçar e como era lasanha sai bem rapido e fui correndo para cozinha)

Cheguei em casa e fiquei deitada na cama porque a Euge quis tomar banho primeiro, ela ainda estava chateada com aquilo da manhã. Ela saiu do banheiro calada novamente, dessa vez decidir não dizer nada, só entrei no banheiro. Quando estava no banho meu celular tocou, era minha mãe, me enrolei na toalha e sai do banho, mas não do banheiro.

INICÍO D CHAMADA


Lali: oi mãe!

Emilia: oi filha.
(a voz dela estava estranha)

Lali: que foi mãe? Sua voz está estranha!!

Emilia: não é nada. Olha, a Gime e eu não vamos para casa almoçar hoje, mas mandamos uma comidinha japonesa tá legal?

Lali: tudo bem mãe, tchau.
(desliguei e voltei para meu adorado banho. Quando sai ja era 13:20, sai do banheiro e não vi a Euge. Me arrumei e...

Euge: ta linda! (agora pude ver, ela estava em cima da cama dela)

Lali: por que tá ai em cima? E por que estava chorando? (disse vendo o rosto dela vermelho)

Euge: não é nada mana. (limpando o rosto)

Lali: Desde quando alguém chora por nada?

Euge: é só colica Lali, uma colica muito forte.
(Colocou a mão na barriga e outras lagrimas escorreram em seu rosto)

Lali: não fica assim maninha. (subi na cama dela, me sentei ao seu lado e tirei uma mecha de cabelo da frente de seus olhos) Tá doendo muito?

Euge: tá sim, mas eu ja tomei um remedio. (ela sorriu) Vamos almoçar?

Lali: vamos sim. (ah, na hora em que a Euge me interrompeu eu ia dizer que estavamos assim:




Depois do almoço fui para o meu quarto escolher uma roupa para ir para casa da Lali e da Euge. Nossa, que papo de mulherzinha. Enfim, fiquei assim:





Quando deu 13:45 a Cande entrou no meu quarto.


Candela: uau!! Tá gostoso heim? Se não fosse sua irmã te pegava! (que garota safada)

Peter: isso é coisa que se diga Candele?

Candela: isso tudo é para ir na casa das meninas?

Peter: não te interessa. Por que está arrumada também?

Candela: porque eu vou fofo.

Peter: como é que é?

Candela: hoje elas me convidaram e eu vou.
(ela saiu meu quarto. Eu não vou levar ela, não vou)

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

noticias



Nicolás Cabré eChina Suárez,apaixonadissimos em "Isla Margarita
Desde o mês passado, o ator está filmando um filme na Venezuela e ela o acompanhou em todos os momentos. A revista Hola! os fotografou enquanto estavam na praia

web novela!

capitulo 3-cena IV


em quarto isso paula está no aeroporto

esperado bejamin que esta chegando da europa!

paula:bejamin aonde esta você?(ela pensar)

bejamin:paula..paula(gritou muito feliz)

paula vira para o outro lado e diz

paula:bejamin eu estava morrendo de saudade de você(o abraça)

bejamin eu também paula,e a kika não veio porque?

paula:porque esta com o primo no hospital!

bejamin:nossa,então tá bom vamos?

paula:vamos você deve está morrendo de forme,não é?

bejamin:sim,estou!

paula:vou pede uma pizza para gente!

bejamin:de queijo?

paula:claro,vocÊ manda!sim e o que pra beber?

bejamin:coca cola!(respodeu com dúvida)

paula:é poder ser!

bejamin:tá,agora vamos?

paula:sim,taxi........(eles estam no taxi e vão embora para casa de paula)

algumas horas e eles chegam em casa!

paula:seja bem vindo!bejamin:obriganda paula e a pizza já pediu?

paula:já no caminho,é só espera!


amanhã continuaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

Laliter- um amor em perigo- capitulo 9- não acordei com o pé direito

CAPITULO 9- LALITER- UM AMOR EM PERIGO- NÃO ACORDEI COM O PÉ DIREITO



P.V.O. LALEUGE

Acordei com a minha mãe do lado, estava na cama dela. Tive um pesadelo na noite passada, uma coisa que aconteceu de verdade comigo quando tinha 6 anos, o primeiro dia do pais que eu passei sabendo que o Nico tinha me abandonado. Enfim, decide não acorda minha mãe. Cheguei no meu quarto e a Lali também estava dormindo. Fui tomar banho.

Acordei com um barulho de água, deve ser a Euge tomando banho. Fiquei deitada na cama pensando naquele beijo, naquele lindo e doce beijo, e também na reação do Peter depois do mesmo; como ele pode fazer aquilo? A Euge saiu do banheiro calada, foi no guarda-roupa e começou a escolher uma peça.

Lali: que foi Euge? Por que está assim?

Euge: não foi nada Lali, apenas um pesadelo. É melhor você ir tomar ou vai se atrasar.
( fiz o que ela disse, me arrumei e descemos assim:



Ja estavam todos na mesa lá.

Lali e Euge: bom dia!
(nos sentamos)

Emilia, Gimena e Tomás: bom dia!

Nicolás: bom dia? É tudo que têm a dizer? Bom dia?

Euge: o que quer que a gente diga? Boa noite?
(como a Euge não conviveu a infancia com o papai não tem medo de desafia-lo, pois ele quase nunca a castiga. A tia Gimena não gosta nada, nada disso)

Gimena: isso é modo de falar com o seu pai Eugenia? (a repreendeu) Peça desculpas!

Euge: mãe...

Gimena: agora!!

Euge: ta bom, desculpa Nico.

Gimena: se diz "desculpa pai". Ele é seu pai.

Euge: ta legal, desculpa...

Nicolás: não Gimena, eu só quero que ela me chame de pai quando entender isso, com liçença.
(ele saiu arrasado. A Euge também ficou toda tristinha)

Euge: posso me retirar? (perguntou a mãe)

Gimena: não, termine o café e vá para a escola. (as vezes a tia Gimena exagera, ela não faz por mal, mas isso machuca a Euge, que sempre a obedece)

P.V.O. DE GASTÓN, NICO E PETER

Acordei, primeiro fui no quarto da Lupe e ela está dormindo.

Gastón: acorda Lupe, temos que ir para escola.

Guadalupe: não quero.

Gastón: quer ficar em casa com a Jimena?
(a Lupe se levantou num pique e foi para o banheiro. Fui para o meu quarto, fiz minha higiene. Desci, fiz café para mim e para Lupe. Meu pai e a Jimena ainda estavam dormindo, pelo visto a noite ontem foi longa. Nós dois tomamos café, fomos para o carro e partimos para casa da mamãe.

Acordei com minha mãe me chamando. Tomei um banho, me arrumei,fui para sala de jantar e a mesa ja estava posta, mas como eu estava atrasado pequei uma maçã e fui pegar minha mochila no quarto e quando desci o Gastón ja tinha chegado, quando completamos 14 anos começamos a juntar dinheiro para comprar um carro, mas quando nossos pais se separaram e o Gastón foi morar com o pai e com a Jimena eu abrir mão do carro, afinal morar com a Chatomena não é facil. O Naza e eu entarmos no carro e fomos para escola.

Acordei supar atrasado e fiz minha higiene em 5 minutos, desci nem deu tempo de tomar café, fui para o quarto, levei a Flor o mais rapido possivel e parti rumo ao colegio, meu esforço foi em vão porque cheguei atrasado e fui mandado com a Cande para diretoria.

CAPITULO 10- LALITER- UM AMOR EM PERIGO- SUSPENSE






P.V.O. DE GIMENA

Acho que fui um pouco dura com a Euge, vocês não acham? Mas ela é minha filha e como o Nico não tem muita sbre ela eu tenho que exijir o respeito dela não só por mim, mas também por ele, pela Emi e pela Mercedes. Cheguei no trabalho e fui ver as crianças. depois de 2:00 ensinando aquelas pestinhas, digo, aqueles anjinhos a desfilar sai da sala e vi um homem segurando no braço da Emi, parecia que estava a machucando. Esse homem saiu deixando a Emi chorando, fui até ela e a abraçei; ficamos assim por muitos minutos, até que ela parou de chorar, se separou de mim e me olhou nos olhos.

Gimena: o que foi Emi? (estava muito preocupada)

Emilia: eu não posso te contar Gimena. (voltando a chorar)

Gimena: por que não? (nesse momento a Emilia recebeu uma mensagem. Peguei o celular da mão dela e li, estava escrito assim: "Pode contar a ela Emilia, ela e a filha vão me ajudar"

Gimena: quem mandou essa mensagem Emilia? (fui curta e grossa)

Emilia chorando: eu vou te contar.

Gimena: conta logo.

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

siga-nos


FÃ DO MÊS- INSCRIÇÕES

As inscrições para o fã do mês está aberta, abaixo deixo-lhes as perguntas.

NOME:
IDADE:
BLOG (SE TIVER):
EX-TEEN ANGELS FAVORITO:
MUSICA FAVORITA:
QUAL O CASAL FAVORITO? PORQUE?
COMO CONHECEU QUASE ANJOS?
POR QUE PASSOU A ASSISTIR A NOVELA?
VOCÊ GOSTA DO BLOG? POR QUE?
QUAL A SUA WEB-NOVELA FAVORITA NO BLOG?

A melhor resposta será escolhida, boa sorte.

PARTICIPEM MUITOOOOOOO

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Laliter- um amor em perigo- Capitulo 8- o primeiro beijo


P.V.O. DE LALI

A Lupe e a Florência (acho que essa é o nome dela) nos arrastaram para a casinha de boneca, quase não coube todo mundo na casa. O Peter teve que se abaixar para entrar lá dentro, ja eu não né gente? Acho que ja sabem o porque. Nós bricamos, os quatro. A Flor e a Lupe eram as babas e o Peter e eu eramos as crianças. Depois ouvimos um grito da mãe do Peter chamando a gente para jantar. As meninas sairam correndo e o Peter e eu tivemos que ficar lé para arrumar aquela bagunça. Ficamos em silêncio arrumando tudo, até que eu escorreguei e cair. O Peter veio correndo me ajudar a levantar, depois de fazer isso ficamos nos olhando, igual lá na porta. Ele veio se aproximando devagar e me beijou, sim em beijou e me fez sentir nas nuvens, foi o melhor beijo que dei em toda minha vida. Ele se separou de mim e disse uma coisa que me supreendeu)


Peter: vamos jantar?

Lali: sim.
(estava morrendo de vergonha. Fomos para da sala de jantar , onde começou uma janta bem divertida, o pai do Peter ligou e disse que ia demorar. Já era 21:00 quando o celular da Euge tocou)

Euge: alô? Nico? (com cara de preocupada) Tá bom. (ela colocou o celular no viva voz)

Nicolás V.:MARIA EUGENIA SUAREZ E MARIANAN ESPOSITO ONDE ESTÃO? (meu pai gritou tão alto que parecia que lá)

Euge: na casa de um colega Nico.

Nicolás: que colega é esse? Onde ele mora?
(ouvimos as vozes da mamãe e da tia Gime no telefone)

Emilia: amor fica calma, você vai assutar elas.

Nicolás: calma Emilia? Esse meninas somem e você me pedi calma?

Gimena: me dá esse celular Nico.
(não ouvimos mais as vazes da mamãe e do papai)

Gimena: oi princesinhas!

Euge: oi mãe.

Lali: oi tia

Gimena: onde estão? Tenho que pagar vocês antes que o Nico enlouqueça.

Lali: um amigo vai levar a gente tia.

Gimena: tá, então trás ambulância porque seu pai vai matar ele.

Gastón: o que?
(tadinho, ele estava assustado)

Lali: ela está brincando Gas. (tentei acalma-lo, mas foi em vão)

Gastón: elas estão no bairro Rincón de Luz, na rua Chiquititas na casa número 4.

Lali e Euge: GASTÓN!!
(o repreendemos)

Gimena: estou indo para ir agora. (ela desligou)

Candela: o pai de vocês é sempre assim?

Lali: quando se trata da gente, sim.

Gastón: é melhor eu ir, a Lupe está quase dormindo. Foi mal meninas.

Euge: tudo bem.

Peter: eu te levo até a porta.

Lali: não esqueci do meu convite amanhã.
(fiz ele olhar para trás)

Gastón: não esquecerei. (ele e o Peter sairam. Logo o Peter voltou)

Peter: a Flor estava dormindo, levei ela para cama.

Euge: que convite você faz ao Gastón Mariana?

Lali: chamei ele para ir com os irmãos lá em casa, o Tomás está muito sozinho.

Euge: verdade. Peter, por que você não leva a Flor também.
(se aparecer no notíciario que uma irmã matou outra eu tive motivos, heim?)

Peter: vou ver, se eu não puder a Cande leva. (ouvimos uma buzina)

Euge: é a mamãe. Vamos Lali?

Lali: vamos.
(todos nos acompanharam até a porta e se despediram da gente. Fomos para casa, a tia Gime não brigou com a gente, ela não faz esse estilo, apenas disse para irmos para nosso quarto que o papai não ia brigar com a gente. Foi o que fizemos. Tomei um banho depois a Euge. Nos deitamos, eu contei do beijo a ela e ela me contou da tentativa de beijo, o que me deixou triste. Depois dormimos.

ateção

atenção!!!!muita atenção!!!!!
hoje não vai ser postada a web novela laliter um amor infinito!!!!!!

fã do mês

gente vai ter aqui no blog o fã do mês! será você o fã?não sei!
é isso que vamos escolher!
          boa sorte!

terça-feira, 20 de novembro de 2012

AVISO

Como perceberam o blog ñ trocou de nome. Motivo? Eu esqueci. Peço mil descupas a vocês mais agora só vou trocar na semana q vem, ja disse q essa semana vai ser muito complicada para mim. Aviso com alguns dias de antecedencia.

Laliter- um amor em perigo- capitulo 7- não rolou nada






 

P.V.O. DE GIMENA

Cheguei em casa com a Emi, ja era de noite. Fui tomar banho e ela também. Quando sair do banheiro e vi a Emi sentada na minha cama com um albúm na mão.

Emilia: eu nunca vi essa fotos da Euge (me sentei ao lado dela)

Gimena: é que esse slbúm eu tinha perdido, só achei quando estava arrumando as coisa no dia da mudança. (expliquei) olha essa aqui. (mostrei uma foto a ela:




Emilia: é a Lali.
(ela me olhou surpresa)

Gimena: essa foi a unica foto dela que eu levei para os Estados Unidos. A Euge adorava ver essa foto.

Emilia: ela sabia que era irmã da Lali?

Gimena:sim, sempre soube. Nunca esconde dela que o Nico tinha outra familia.

Emilia: e ela não perguntava por ele?

Gimena: sim, ate demais. Só que eu dizia que Nico morava em outro país e não podia ela, mas aos poucos quando ela foi crescendo percebeu que ele tinha nos abandonado.
(a olhei) Ou pelo menos eu pensava isso.

Emilia: a Lali também sabia que tinha uma irmã, só que ela havia falecido quando era um bebe... Ou pelo menos eu pensava isso. (nós rimos) O Nico sofreu muito quando recebeu a noticia que vocês...

Gimena: Emi, eu não quero falar sobre isso se importa?

Emilia: claro que não, se foi dificil para ele imagina para você.

Gimena: é.
(o Nico entrou no quarto)

Nico V.: como estão as duas mulheres da minha vida? (ele perguntou sorridente)

Gimena: sabe que eu não sei, vou lá no quarto delas. (me lenvantei e fui em direção a porta)

Emilia: Ele estava falando da gente Gimena. (é serio gente, eu não tinha entendido)

Gimena: a... Tá! (me sentei na cama novamente)

Nicolás: as meninas sairam.Que tal irmos numa pizzaria?

Emilia: por mim tudo bem e por você Gime?

Gimena: e ficar segurando vela pra vocês? Nem pensar.

Emilia: Você não vai ficar segurando vela, o Tomás vai também. Vamos?

Gimena: tá legal, eu vou.

P.V.O.
DE PETER

Estava chocado, de verdade. Ela estava me olhando esperando alguma reação.
 
Peter: acho que isso responde as minhas duas outras perguntas: nascida na Argentina e criada lá e nos Estados Unidos; e os pais são separados. (ela sorriu)

Euge: você é uma onda.

Peter: e depois dos 7anos você não voltou a trabalhar como modelo?

Euge: ja fiz fotos com a Lali quando tinha 15 anos, mas nada profissional. Minha mãe não gostava que eu fizessi as fotos, mas precisavamos do dinheiro entendi?

Peter: claro.
(ouvimos vozes)

Sara: Peter, Flor chegamos. (gritou)

Peter: vamos descer?

Euge:sim.
(descemos. Minha mãe, Cande e Flor estavam na cozinha. Minha mãe estava fazendo bolinho de chuva,como sei? Pelo cheiro. A Cande e a dona Sara ficaram achando que a Euge e eu tinhamos feito algo de errado se é que me entendem. E como a Cande não é nem um pouco discreta olhem, ou melhor, leiam o que ela fez)

Candela: o que vocês estavam fazendo lá em cima fofos? (leram. Tadinha da Euge, ficou vermelho)

Peter: a entrevista Cande.

Candela: tem certeza que foi só isso?
(ai que odio dessa garota, vou pular no pescoço dela)

Sara: olha os modos Candela. Desculpa querida, a Cande não tem jeito. Prazer sou Sara, mãe do Peter.

Euge: sou Euge, colega dele.
(simpatica)

Sara: vai ficar para janta? Estou fazendo bolinho de chuva. (não disse?)

Euge:obrigada, mas minha irmã ja deve estar chegando para me buscar. (ouvimos a campainha tocar) Deve ser ela.

Peter: deixa que eu atendo.(fui rumo a porta, quando abrir dei de cara com aqueles olhos lindos me olhando. Ficamos nos olhando por um tempo até que o Gastón chegou)

Gastrón: que cheirinho bom. Bolinho de chuva acertei?

Peter: sim, quer entrar?

Gastón: se importa Lali?

Lali: é que meu pai vai ficar preocupado.

Guadalupe: fica Lali, por favor.

Lali: tá bom.

Peter: entrem.
(dei passagem. Eles entraram, quando a Lali passou por mim pude sentir aquele perfume sedutor, não sei porque estou assim. Fui para cozinha e eles ja estavam lá)

Florência: o Peter cuida da gente.

Guadalupe: e a Lali também.

Peter: eu o que?
(estava por fora)

Forência e Guadalupe: por favor.

Sara: tudo bem, mas só 5 minutos.

Florência: obrigada mamãe, vamos Peter.
(me puxando, depois disso só escutei a Lupe dizer)

Guadalupe: vem Lali.

web novela

                                                  laliter um amor infinito
capitulo 3-cena I

rochi:oi gastón(rindo)

gastón:nossa rochi,você está linda!

rochi:obriganda(pensei-ele me acha linda,que emoção)

gastón:isso tudo é pra mim(com cara de safado)

rochi:como você é safado gastón.

gastón:safado,eu,magina!

rochi:é safado sim!(gastón pegar ela pela citura e lir das um beijo)

gastón:agora,sim que a conveçar está ficando boa!

rochi:está mesmo(o beijando muito)


cena II


na praça

euge e tato conveçavam

euge:tato foi muito bom o cinema,não foi?

tato:foi sim euge!

euge:tato,você gosta de mim?

tato:sim,eu te...adoro!(euge com esperaça dele disse que a amava)

euge:mais de outro jeito?

tato:me dá um beijo eugenia(ele a pegar)

euge:sai tato(vai embora)

tato:vai entende as garotas!


cena III


no outro lado da praça

stefano;oi linda!

valetina:oi gato!

stafano:me da um beijo bonita,mais antes,vamos para de baixo dessa árvore para que as pessoas não vejam!

valetina:tá vamos!

stefano:agora sim(eles se beijam)

valetina:tá bom,chegar de beijar por hoje!

stefano:não,estava tão bom,só mais uma vez,vai?

valetina:tá bom,seu......

stefano:xii...só mim beijar(valetina le dá um beijo,mais na testa)

stefano:não vale,na testa?eu quero é........(pegar vale e a beijar)

valetina:me solta garoto(vai embora,com muita raiva de stefano)

stefano;vale..vale(gritar)

valetina pensado-

meu deus e se ele não ficar mais comigo! (arrepedida)

lali:vale..vale....(gritou lali feito louca)

valetina;oi!!

lali:o que foi vale?

valetina:nada lali,não foi nada!

lali:nada mesmo!

valetina:nada lali,me deixa!

lali:tá bom,não esta aqui quem falou1

valetina:ufa....essa foi por pouco,eu não quero disse para ela que eu brigei com o stefano(ela pensa)

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Laliter- um amor em perigo- Capitulo 6- Chatomena

CAPITULO 6- LALITER- UM AMOR EM PERIGO- CHATOMENA.

P.V.O. DE PETER

Ela estava em pé, perto da escrivaninha. Era a hora certa para beija-lá. Me aproximei bem devagar e quando estava perto o bastante não consegui. Apenas estendi o braço e peguei o caderno onde estavam as perguntas da entrevista e me sentei na cama. Não sei porque fiz isso, mas na hora em que ia beijar ela lembrei da Lali e não conseguir.


Peter: o caderno com a entrevista. (sorrir)

Euge: olha Peter, não é só porque eu topei que essa entrevista fosse aqui que eu vou para cama com você tá? (fiquei surpreso)

Peter: tudo bem, vamos começar?

Euge: sim.

Peter:quantos anos você tem?

Euge: 16.

Peter: tem irmãos? Quantos?

Euge: sim, tenho 2.

Peter: a Lali é sua irmã?

Euge: essa pergunta não faz parte da entrevista.
(ela sorriu)

Peter: não. (sorrir também) Ela é?

Euge: sim, ela é. Vamos voltar a entrvista?

Peter: em que seus pais trabalham?

Euge: bem, o homem da casa é medico e minha mãe trabalha com modelos.

Peter: nossa, para ser modelo deve ser muito linda, também com uma filha dessa dificil era ser feia.
(a elogiei)

Euge: muito obrigada, mas acho que você não entendeu bem, minha mãe trabalha com modelos e não como modelo.

Peter: e o que ela faz? Escolhe as vão desfilar?

Euge: mais ou menos, ela trabalha ensinando crianças e adolescentes no começo da carreira como é a vida de modelo.

Peter: então ela é modelo!
(afirmei)

Euge: ela ja trabalhou como modelo, mas ficou gravida de mim e teve que parar.

Peter: e você? Já trabalhou como modelo?

Euge: ja, mas só quando eu era bem pequena, tinha menos de 7 anos.

Peter: e a Lali? Ela ja trabalhou como modelo?

Euge: Peter, é uma historia complicada, mas eu só conheci a Lali com 9 anos.

Peter: se quiser pode me contar.
(quis deixa-lá segura)

Euge: não gosto de falar sobre isso. (ela abaixou a cabeça. Fui até a cadeira onde estava e levantei a cabeça dela a fazendo olhar diretamente nos meus olhos)

Peter: pode confiar em mim.

Euge: tá bom. Quando...

P.V.O.
DE LALI

Chegamos na casa de Gastón, a Lupe (ja chamava ela assim) foi para o quarto dela fazer lição de casa e eu e o Gastón fomos para o quarto dele. A tal de Jimena estava no banho. O quarto dele é beeeeeeeeeeem legal:


Subimos aqueles dois degraus e nos sentamos na cama dele.


Gastón: Vamos começar?

Lali: antes posso te fazer uma pergunta?

Gastón: agora que ja fez, podemos começar?

Lali: é serio Gas.
(vocês devem estar achando estranho eu ja ter toda essa intimidade com ele, mas é que no carro conversamos muito)

Gastón: tá, pode fazer.

Lali: quem é Jimena?

Gastón: A mulher do meu pai.

Lali: sua madrasta?

Gastón: é. Só que acho que ja percebeu que não gostamos muito dela. É que tipo na frente do meu pai ela é uma santa e atrás dele uma bruxa. Só quer o dinheiro dele.

Lali: mas você tem certeza disso?

Gastón: sim, por exemplo ela chantageou meu pai para comprar essa casa por 5 milhões quando só custava 3 milhões.

Lali: e o que ela fez com o resto do dinheiro?

Gastón: ninguem sabe. Podemos começar?

Lali: sim.

Gastón: nome : Mariana, idade: 17, pai e mãe casados. Nossa eu acho que a Lupe ja fez a entrevista para mim.
(nós rimos) Nascida e criada no Brasil?

Lali: não, nasci na Argentida e fui criada lá.

Gastón: em que seus pais trabalham?

Lali: meu pai é medico e minha mãe nutricionista.

Gastón: tá explicado esse corpo esculturtal.
(bobo)

Lali: GASTÓN!! (o repreendi)

Gastón: desculpa. (uma mulher entrou no quarto)

Jimena: Gastón, eu vou sair. Cuida bem da Guadalupe. (ela até notou minha presença, mas nem ligou)

Gastón: eu sempre cuido. (ele disse bem baixinho)

Jimena: o que disse?

Gastón: nada.
(ele parecia ter medo dela)

Jimena: não tenho hora para voltar. (ela saiu)

Lali: você tem medo dela? (não sei se fiz certo em pergunta, mas estava muito curiosa. Ele tirou a camisa e me mostrou uma cicatriz)

Gastón: ela ja quebrou meu braço e me ameaçou; disse que se eu contasse a verdade aos meus pais faria pior e não comigo, com a Lupe. Se importa de continuarmos?

Lali: não.

Laliter- um amor em perigo

Familia Martinez:



Pablo: tem 18 anos. É fiho unico de Feli e Juan. Não é um menininho mimado, como seus amigos, mas sempre acaba aprontando com eles. Namora Maria.
 


Felicidade: Tem 45 anos. é mãe de Pablo e sonha em ter mais um filho, apesar da idade. Ao contrario da irmã, nunca teve problemas na vida amorosa.
 


Juan: tem 45 anos. É pai de Pablo. Quer o melhor para o filho, mas não o mima. Ama a familia.

amanhã posto os personagens que as familias não importam
Comentemmmm muitooooo

CAPITULO 3- Laliter- um amor em perigo- foi justo


 


P.V.O DE EUGE

Agustina: a primeira dupla será Peter e Eugenia. (não acredito. olhei para Lali e ela estava decepcionada)

Euge: desculpa Lali.

Lali: que isso, você não tem culpa , foi um sorteio justo.

Agustina: a proxima dupla será Gastón e Mariana.
(olhei para Lali)

Lali: legal. Se a tal de Francisca for namorada dele, estou frita.

Euge: se quiser trocamos.

Lali: não, fica com ele tá bom?

Euge: está bem.
(a professora continuou sorteio. o Nicolás (o loiro) ficou com uma garota ruiva e parece ter gostado muito.)



P.V.O. DE EMILIA

Cheguei no trabalho com a Gimena. Que ironia trabalharmos na mesma empresa não? O dono da agencia veio falar conosco.

Dono: as senhoras devem ser Gimena e Emilia não?

Gimena: senhoritas! E sim somos, ela é Emilia e eu Gimena.

Dono: meu nome é Henrique. Senhorita Gimena as crianças estão lhe esperando naquela sala.
(ele apontou para sala) Quando a senhorita dona Emilia, venha comigo que eu vou lhe apresentar nossa outra nutricionista. (a Gimena foi para sala que Henrique havia indicado e eu o acompanhei)

P.V.O DE LALI

Fiquei triste da Euge fazer dupla com o Peter, não por ser ela e sim porque não fui eu. Estava na hora do intervalo. A Euge foi comprar nosso lanche. Estava olhando o grupinho do Peter, a Cande nos chamou para ficar lá, mas eu não quis. A Euge chegou com meu pão de queijo e meu refri e com o misto quente e o suco de laranja dela.

Euge: ainda está com raiva? (ela me conhece muito bem)

Lali: um pouco, queria ter ficado com ele.

Euge: te disse que se quisessi trocavamos.

Lali: a professora não ia deixar.

Euge: olha pelo lado bom!
(tentou me animar)

Lali: e tem lado bom?

Euge: claro, eu vou saber mais sobre ele e te conto.

Lali: esqueceu que é ele que vai te entrevistar e não você a ele?

Euge: é, eu tinha me esquecido.

Lali: tudo bem Euge, a culpa não foi sua. Foi justo. Agora vamos comer se não esfria.
(começamos a comer)

P.V.O. DE PETER

Na aula da Agus ela quis fazer algo diferente. Enfim, vou entrevistar uma loira super gata e ja tenho um plano, vou fazer uma entrevista na minha casa, no meu quarto para ser mais especifico. Já entenderam não é? Mas vocês devem estar se perguntando se o meu lance não era com a morena. Na verdade era, mas tenho que ir devagar, primeiro pego a loira, depois a morena. Peter, Peter, PETEERRRRRRRR.

Peter: o que foi Pablo?

Pablo: você está aonde? No mundo da lua? Ou no mundo da Lali?
(o Pablo pirou, nem sei quem é Lali)

Peter: quem é essa?

Pablo: ela é a garota da nossa sala. Amiga da que você vai entrevistar.

Peter: falando nisso tenho que falar com ela.
(olhei para os lados) Cade todo mundo?

Pablo: o Nico e a Cande foram comprar o lanche. A Kika e a Mary falar com o diretor e o Gas falar com a Lali.

Peter: voulevaraloiraparacama.
(falei assim, rapido)

Pablo: o que?

Peter: vou-levar-a-loira-para-cama.
(disse beeeeeem devagar)

Pablo: acho bem dificil, ela não parece ser dessa garotas. (o Nico e a Cande chegaram)

Candela: e ai? do que estavam falando?

Peter: nossa Cande, eu sei que você é curiosa, mas hoje você está se superando heim?
(zuei fazendo todos rirem)

 P.V.O. DE LALI

O garoto que ia me entrevistar, Gastón eu acho, chegou aonde eu estava.
 
Gastón: oi.

Lali e Euge: oi.

Gastón: Lali e Euge acertei?

Euge e Lali: sim.

Gastón: é que eu queria falar com você Lali.

Lali: pode falar.

Euge: quer que eu saia?
(fiquei com vontade de matar a Euge essa hora)

Gastón: não. (ufa!!!) é que eu queria que a entrevista fosse na minha casa, sabe eu tenho uma irmãzinha e tenho que cuidar dela. (ele disse todo timido)

Lali: claro, tudo bem.

Gastón: passo para te pegar ás duas?
(nem ouvi o que ele disse, pois nesse momento vi o Peter vindo em nossa direção)

Peter: e ai meninas? (ele disse com um olhar sedutor)

Euge: oi. (não consegui responder, estava facinada com ele)

Peter: então Euge, que tal a entrevista ser na minha casa? Tenho que cuidar da minha irmã. (ao ouvir isso quase desabei em lagrimas, mas estava na frente deles, não podia chorar. A Euge percebeu isso)

Euge: não podia ser na minha casa não? Você pode levar sua irmã. Eu também tenho um irmão pequeno.

Peter: é que a Flor tem que fazer lição de casa.

Gastón: você? Cuidando da Flor? Tá brincando não é?

Peter: pior que não, minha mãe e a Cande vão sair hoje.

Euge: tudo bem então. Onde você mora?

Gastón: eu te levo lá, quando for pegar a Lali, ás duas pode ser?

Lali: sim, claro.
(disse com o sorriso mais forçado que pude)

Peter: legal. (o sinal tocou) Vamos para sala?

Todos: sim.